Chamada para artigos para Edição Temática: Serviço Social em Saúde

 

 

 

 

 

 

 

 

Edição Temática
Serviço Social em Saúde: Desafios face à configuração das políticas de saúde em tempo de neoliberalismo e de austeridade

 

Editoras principais e coordenadoras do Grupo de Investigação em Serviço Social:

•    Carla Pinto, Professora Auxiliar, ISCSP Universidade de Lisboa
•    Maria Irene Carvalho, Professora Auxiliar convidada, ISCSP Universidade de Lisboa

Editora convidada

•    Prof. Doutora Fernanda de Oliveira Sarreta, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais – UNESP – França – Brasil. Líder do Grupo Quavisss - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Política de Saúde e Serviço Social

 

Sobre o tema:

O propósito deste número especial é destacar o Serviço Social em saúde face aos desafios das políticas neoliberais em contexto de austeridade.

Os profissionais de Serviço Social desenvolvem a sua ação no âmbito das políticas de saúde ao nível comunitário (saúde familiar, saúde mental, cuidados continuados) e da saúde hospitalar. No entanto, as suas conquistas são constantemente ameaçadas por mudanças nas políticas públicas sociais e de saúde centradas na responsabilidade individual e na mercantilização da saúde, bem como pela orientação para um conceito de qualidade orientado por princípios de eficiência, eficácia e de controlo das profissões da saúde. Por exemplo, as políticas neoliberais de desresponsabilização do Estado têm favorecido a homogeneização dos procedimentos como forma de controlo da ação profissional (registos, manual dos procedimentos, estatísticas). A autonomia científica e técnica dos profissionais pode ser deste modo ameaçada, pois este tipo de procedimentos pode colocar em causa os direitos humanos como quadro de referência da profissão. Para alterar a visão burocrática do Serviço Social na saúde é necessário que os assistentes sociais pensem e reflitam: Onde se está? Onde se quer chegar?
Os profissionais do Serviço Social na Saúde deverão assim ser desafiados a participar na conceção e redefinição de políticas sociais para problemas emergentes em contextos de grande complexidade e a participar em processos de pesquisa que potenciem o conhecimento do seu trabalho por outros profissionais e aos cidadãos. É neste enquadramento que convidamos os profissionais e os investigadores a participarem neste número especial sobre Serviço Social em saúde.


Prazos para a submissão de artigos:

  • Até 1 de Agosto, 2017: prazo para a submissão de resumos até 500 palavras aos editores. Os resumos deverão ser enviados para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Até 15 de Agosto, 2017: respostas aos autores sobre os resumos submetidos
  • Até 15 de Outubro, 2017: prazo para submissão de artigos completos aos editores

Normas para os artigos submetidos:

  1. Os artigos a submeter deverão estar escritos em Português ou Inglês, sendo publicados numa destas línguas. A clareza e qualidade do texto são condição essencial para a sua publicação.
  2. Os artigos devem obrigatoriamente incluir um resumo em Português e um resumo em Inglês, até 150 palavras e quatro palavras-chave.
  3. Os artigos não deverão exceder as 7500 palavras, em letra Times New Roman, corpo 12, espaçamento entre linhas de 1,5.
  4. As referências bibliográficas deverão respeitar as normas APA.
  5. As submissões deverão ser enviadas por correio eletrónico em anexo em formato Word para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Os artigos submetidos serão submetidos a um processo de double-blind peer review.

 

 

 

 

Últimas Entradas