Bolsa de Investigação no âmbito do projecto "Cem anos de Políticas Públicas de Habitação em Portugal: de 1918 a 2018"

Encontra-se aberto o concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação (BI), entre os dias 27 de Junho a 10 de Julho de 2017, no âmbito do projeto “Cem Anos de Políticas Públicas de Habitação em Portugal: De 1918 a 2018” do Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade de Lisboa (ULisboa).

Área Científica:
Administração Pública

Descrição Geral das atividades previstas:
As atividades previstas são relativas à implementação operacional de um projeto de investigação sobre políticas públicas de habitação, em Portugal, entre 2002 e 2018, desenvolvido entre o ISCSP - Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) e o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana.

Requisitos de Admissão:
Licenciatura em Administração Pública. Frequência de mestrado em Gestão e Políticas Públicas. Domínio da língua inglesa devidamente comprovado.

Plano de Trabalhos:
Gestão de um projeto de investigação:

  • Desenvolvimento de todos os contactos necessários e deslocações para a execução atempada e correta de todos os procedimentos relativos à implementação do projeto;
  • Investigação de terreno para a recolha de dados para o projeto;
  • Elaboração dos relatórios de pesquisa e preparação de processos de disseminação científica (artigos) e disseminação para públicos específicos;
  • Produção de conteúdos para uma publicação nacional e duas publicações internacionais
  • Produção de conteúdos para uma exposição;
  • Realização de inventário bibliográfico, documental, gráfico, fotográfico ou administrativo;
  • Realização de inventário da produção legislativa;
  • Realização de inventário dos empreendimentos construídos;
  • Recolha e análise de dados sobre mercado de habitação, financiamento da habitação e habitação social;
  • Realização de uma análise comparativa da política de habitação nos países europeus.
  • Análise e sistematização da política de habitação, em Portugal, entre 2002 e 2018 e dos impactos destas políticas de habitação;
  • Caracterização, detalhada, dos programas e políticas de habitação: PER, PROHABITA, Porta 65, Mercado Social do Arrendamento, Novo Regime do Arrendamento Urbano e Arrendamento Apoiado.

Legislação e regulamento:
Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento para Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP – 2015, https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf .

Local de Trabalho:
As atividades serão desenvolvidas no Centro de Administração e Políticas Públicas, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), sob a orientação científica da Senhora Professora Romana Xerez.

Duração da Bolsa:
A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto a 1 de Agosto de 2017, eventualmente renovável até ao período máximo previsto no artigo 9º do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. - 2015.

Valor mensal do subsídio:
O montante da bolsa corresponde a €745, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). Ao valor do subsídio mensal acresce o pagamento dos encargos resultantes das contribuições que incidam sobre o primeiro dos escalões referidos no artigo 36º do Decreto-Lei nº 40/89, de 1 de Fevereiro do Seguro Social Voluntário, cuja adesão é da responsabilidade do bolseiro.

Método de seleção:
Os métodos de seleção a utilizar incidirão na avaliação curricular e entrevista. A avaliação curricular será ponderada da seguinte forma:

1. Avaliação Curricular (40%):
    a. Experiência de trabalho em contextos internacionais devidamente comprovada (25%);
    b. Domínio da língua inglesa devidamente comprovado (15%)
2. Entrevista (60%).

Nenhum candidato/a pode ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a ou privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.

Júri:
Professora Doutora Romana Xerez (Presidente);
Professor Doutor Pedro Rodrigues (vogal);
Professora Doutora Paula Campos Pinto (vogal).

Processo de Notificação dos Resultados:
Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente, afixada em local visível e público do ISCSP, sendo o/a candidato/a aprovado/a notificado/a através de email.

Prazo para o envio de candidaturas:
O concurso encontra-se aberto no período de 27 de Junho a 10 de Julho de 2017.

Formalização das candidaturas:

1. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente e sob pena de não admissão ao procedimento, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:
   a. Curriculum Vitae;
   b. Certificado de habilitações;
   c. Documentos comprovativos dos requisitos de admissão bem como dos demais documentos comprovativos considerados relevantes.
2. As candidaturas deverão ser entregues, pessoalmente, durante o período das 9h00-17h00 no Serviço de Expediente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, no Pólo Universitário do Alto da Ajuda, Rua Almerindo Lessa, 1300-663 Lisboa, ou remetidas por correio na mesma morada, ao cuidado do Gabinete de Apoio à Investigação, no Gabinete 58 do Piso 3.

 

 

 

 

 

Últimas Entradas