Paula Espírito Santo publica novo estudo na Acta Politica

A investigadora Paula Espírito Santo é uma das autoras de um artigo agora publicado na Acta Politica, que procura examinar o modo como os membros de partidos políticos avaliam a democracia interna destas organizações.

O novo estudo, escrito em co-autoria com Edalina Sanches (ICS/UL), Marco Lisi (IPRI/UNL) e Isabella Razzuoli (ICS/UL), recorre a questionários online para analisar as avaliações de membros de três partidos políticos portugueses de esquerda (Partido Socialista, Bloco de Esquerda e Livre) sobre os procedimentos democráticos no interior das organizações. Os resultados demonstram avaliações mais positivas entre os membros de partidos da esquerda radical e entre os que observam maiores níveis de ativismo e congruência ideológica com o partido.

Contudo, os autores indicam que as avaliações tendem a ser mais negativas na presença de expectativas elevadas sobre a possibilidade de influenciar o processo de seleção de candidatos, ou de obter benefícios pessoais. Concluem assim que as reformas democráticas dentro destas organizações poderão atrair membros que valorizam estas mudanças, mas serão simultaneamente um incentivo para avaliações críticas.

 

"Intra-party democracy from members’ viewpoint: the case of left-wing parties in Portugal" encontra-se disponível online.

 

 

Últimas Entradas