O Ártico em debate na 5th Lisbon International Arctic Workshop and Conference

A 5º edição da Lisbon International Arctic Workshop and Conference decorreu no dia 11 de Dezembro na sala Lisboa do ISCSP. O evento reuniu especialistas de várias áreas para debater questões relacioadas com o ártico.

O evento decorreu sob o tema da Globalização, Geopolítica e (Geo)Estratégia no/do Ártico: Mudanças Climatéricas, Inovação e Resiliência no séc.XXI. O debate incidiu sobre os multiplos aspetos que afetam esta região na entrada para o séc. XXI. A sessão de abertura foi conduzida por António Sousa Lara, coordenador da Unidade de Relações Internacionais no ISCSP, e por Pedro Goulart, Vice-Presidente do Centro de Administração e Políticas Públicas.

As questões geopolíticas e geoestratégias foram abordadas por Carlos Mendes Dias e Felipe Barros no primeiro painel do dia, moderado por Sandra Balão. Francisco Cuogo introduziu a análise do excepcionalismo do Ártico a partir das Teorias Críticas.

 
 

Durante a tarde, Teresa de Almeida e Silva moderou um painel que contou com a contribuição de Sandra Balão, numa avaliação das estratégias para o Ártico no séc. XXI, numa base multinível. Rúben Pereira considerou a presença da União Europeia no Ártico e Carolina Silva abordou questões relacionadas com a política externa russa. O painel contou ainda com a comunicação de Valter Cláudio, que caracterizou a relação do Canadá com as regiões a norte.


No terceiro painel, Cátia Miriam Costa e Maria Inês Gameiro abordaram o Ártico e a governação dos oceanos num contexto de globalização. Mário Pontes tratou o tema da pesca no Oceano Ártico a partir de uma perspetiva geoeconómica e Filipa Fernandes deu a conhecer os desafios do turismo na Finlândia.

O evento terminou com a intervenção de Lassi Heininen, sobre a evolução da situação geopolítica no Ártico. Mais fotos do evento serão brevemente disponibilizadas.

 

 
     

 

 

Últimas Entradas