Concepções de alimentação saudável no Brasil e em Portugal: reflexões a partir das Ciências Humanas e Sociais

Título do projecto
Concepções de alimentação saudável no Brasil e em Portugal: reflexões a partir das Ciências Humanas e Sociais

Data de início e de Término
Junho de 2013 a Outubro de 2016 

Investigador(a) Responsável NECTAR:
Shirley Donizete Prado – NECTAR PPG ANS

Investigador(a) Responsável CAPP:
Luisa Ferreira da Silva – CAPP/ISCSP-ULisboa - Portugal

Investigador(a) Responsável URV:
Mabel Gracia – Espanha

 

Equipa de investigação

Nome do Investigador Filiação Institucional
Belkis Oliveira ASI
Cláudia de Freitas CIES
Christiane Ayumi UERJ
Claudia O. Cruz UERJ
Cristina Vieira CEMRI
Dália Costa ISCSP-ULisboa
Elisa Lopes IUL
Elvira Pereira ISCSP-ULisboa
Fátima Menezes UERJ
Fabiana Bom Kraemer UERJ
Felismina Mendes CIES
Francisco Romão Ferreira NECTAR
Gesseldo Freite UERJ
Graça Carapinheiro CIES
Helena Sant’ana ISCSP-ULisboa
Juliana Klotz UERJ
Kenneth Rochel Camargo Jr. NECTAR
Luís Santos CECLICO IUL
Luisa Ferreira da Silva CAPP/ISCSP
Mabel Arnaiz URV
Maria Claudia Veiga Soares Carvalho NECTAR PPG ANS
Maria José Araújo Portugal
Maria Lucia Bosi LAPQS – UFC Mirian
Bertran Vilá Metropolitan University of Mexico
Tiago Correia CIES, IUL
Virgínia Henriques Calado CRIA-Uminho


Parceiros

País  Parceiro
Brasil Núcleo de Estudos sobre Cultura e Alimentação (NECTAR)
Portugal Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP)
Espanha Universidade Rovira y Virgili (URV)
Mexico Universidade Metropolitana do México
Brasil

Universidade Federal do Ceará


-Na UERJ, o presente projeto está inserido na linha de pesquisa “Políticas, saberes e práticas em Alimentação, Nutrição e Saúde” do Programa de Pós-graduação em Alimentação, Nutrição e Saúde do NUT (PPG ANS) que desenvolve os cursos de mestrado acadêmico e de doutorado recomendados com conceito 4 pela CAPES.
-A articulação com a ULisboa se dá através do Grupo de Pesquisa Saúde, Políticas e Sistemas, Práticas e Racionalidades do CAPP / ISCSP.


Objectivos do Projecto:

O projeto tem como objeto a construção de concepções de alimentação saudável nas transformações na sociedade contemporânea, mais especificamente no Brasil e em Portugal, que ocorrem em ritmo acelerado global. Visa compreender a polifonia presente na multiplicidade de mensagens e de fontes na disseminação das concepções de alimentação saudável e sua relação com a construção de códigos identitários e hábitos alimentares, no âmbito da Alimentação, das Políticas Públicas e da Cultura.
Exploraremos a hipótese inicial que a produção de concepções de alimentação saudável segue uma estratégia de bricolagem alimentar e se constitui como uma motivação para o consumo, para a formulação de políticas públicas e para a construção de novos códigos identitários que delineiam as práticas alimentares.
Abrange três linhas de pesquisa sob a temática mãe da alimentação saudável:

  1. sentidos e significados construídos nas práticas de alimentação;
  2. percepções de gestores sobre promoção de alimentação saudável e segurança alimentar;
  3. difusão de concepções de alimentação saudável através de publicidade e propaganda.

Últimas Entradas