Felicidade em Lingua Portuguesa: estudos e intervenções positivas e transformativas.

Título do Projeto:
Felicidade em Lingua Portuguesa: estudos e intervenções positivas e transformativas

Data de início e de término
Janeiro de 2013 a Julho de 2015

Investigador Responsável:
Prof. Helena Águeda Marujo


Equipa de Investigação:

Nome do Investigador Filiação Institucional
Helena Águeda Marujo CAPP/ISCSP/ULisboa
Luis Miguel V. Afonso Neto CAPP/ISCSP/ULisboa
Ressurreição Monge Faculdade de Psicologia - ULisboa
Cristina Carvalho ISCSP/ Instituto de Reinserção Social
Alexandra Veiga de Araújo ISCSP
Catarina Rivero ISCSP
Paulo Luis ISCSP
Ana Rocha ISCSP
Eunice Lopes ISCSP
Raquel Silovas Universidade de Valladolid
Silvia Koller Universidade Federal de Rio Grande do Sul- Brasil


Instituições Parceiras:

País  Entidade Parceira
Portugal Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Brasil Universidade Federal de Rio Grande do Sul
Espanha Universidade de Valladolid
Portugal Direcção Geral da Reinserção Social
Portugal Unidade de Saúde Familiar de Fernão Ferro
Portugal Colégio as Doroteias
Portugal Conferências de S. Vicente Paulo de Vila Viçosa



Resumo do Projecto:

O interesse por estudar os sistemas humanos numa perspetiva positiva, em complemento da mais tradicional focada na resolução de problemas ou no colmatar de necessidades, é recente nas ciências sociais e humanas. O movimento da psicologia positiva, subdisciplina dedicada ao estudo dos funcionamento humano óptimo, tem vindo precisamente a desenvolver modelos teóricos e constructos em temas e áreas positivas das pessoas e sistemas humanos, ao mesmo tempo que tem promovido instrumentos interventivos que promovam essa excelência e a virtuosidade humana. Por estudar factores associados ao bem-estar psicológico e subjetivo, tem sido chamada a “ciência da felicidade”.
Num movimento de investigação e aplicação vibrante, que se alarga a todos os continentes, e que extravasa a própria psicologia - nomeadamente entrando no mundo da economia, das politicas publicas, sustentabilidade ambiental, entre outros - esta abordagem positiva introduziu nos últimos anos uma linha de investigação que se deseja cada vez mais sensível do ponto de vista cultural, trazendo luz sobre as especificidades dos modelos conceptuais, e das suas aplicações a grupos humanos diversos.

A intenção geral deste projeto é assim dupla:

  • Realizar investigação que explore se se pode, e como se pode, produzir e/ou optimizar mudança positiva em sistemas humanos portugueses diversificados, em especial nos mais desafiadores;
  • Investigar particularidades da felicidade vivida por povos que falam português.

Últimas Entradas