Bolsa de Investigação no âmbito do projeto Public policies and child labor in Portugal and the Portuguese colonies

Encontra-se aberto o período de candidaturas a 1 (uma) Bolsa de Investigação (BI), no âmbito do projeto “Public policies and child labor in Portugal and the Portuguese colonies” (PTDC/IIM-ECO/5303/2014). As funções serão exercidas no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP), do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), Universidade de Lisboa (ULisboa), sendo a bolsa financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) com fundos nacionais através do OE.

Área Científica:

Ciências Sociais

Requisitos de Admissão:

Os candidatos terão de ser detentores de Licenciatura na área das Ciências Sociais e encontrar-se a frequentar Mestrado também na área das Ciências Sociais, como por exemplo em Antropologia, Estudos Africanos e Sociologia. É necessária fluência em Inglês e Português.

Plano de Trabalhos:

  • A bolsa de investigação está pensada para o apoio à escrita de uma dissertação de mestrado, sendo esperado do candidato:
  • Realização das entrevistas e/ou focus groups, transcrição e análise de conteúdo;
  • Recolha e tratamento da documentação privada junto dos entrevistados e participantes dos focus groups;
  • Apoio nas tarefas do projecto, incluindo preparação dos guiões de entrevista e dos focus groups, escrita de relatórios e organização de eventos;
  • Conclusão de dissertação de mestrado na área do projecto;


Legislação e regulamento:

Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento para Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP – 2015, https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf.

Local de Trabalho:

O candidato desenvolverá atividades na cidade de Lisboa. O trabalho decorrerá no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP), no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP/ULisboa), sob a supervisão do coordenador científico Professor Doutor Pedro Goulart, sem prejuízo das deslocações necessárias para realização de entrevistas e/ou focus groups.

Duração da Bolsa:

A bolsa terá a duração de 12 meses, eventualmente renovável até ao período máximo no estabelecido no artigo 4º do Regulamento para as Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP – 2015. A data de início expectável será no dia 1 de Janeiro de 2017.

Valor mensal do subsídio:

O valor da bolsa será de €745 por mês, de acordo com a tabela de valores para as bolsas financiadas pela FCT, I.P no país (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores).

Método de seleção:

O método de seleção terá por base a avaliação curricular (50%) e uma entrevista (50%).

A avaliação curricular incidirá na:

  • Experiência na investigação qualitativa, em particular desenho de guião, entrevista semiestruturada, focus group, transcrição e análise de conteúdo, bem como na recolha e tratamento de documentação;
  • Capacidade de comunicação e trabalho em equipa.

Os primeiros cinco classificados serão admitidos à fase de entrevista no CAPP.


Nenhum candidato/a pode ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a ou privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.

Júri:

  • Professor Pedro Goulart, CAPP-ISCSP, Universidade de Lisboa (Presidente do júri);
  • Professora Celeste Quintino, CEAF-ISCSP, Universidade de Lisboa (Membro);
  • Professor Pedro Aires Oliveira, IHC-FCSH, Universidade Nova de Lisboa (Membro);
  • Membro substituto: Professora Paula Pinto, CAPP-ISCSP, Universidade de Lisboa;

Processo de Notificação dos Resultados:

Os resultados do processo de seleção serão publicitados, por lista em ordem alfabética afixada em local público e visível no ISCSP, sendo os candidatos notificados por email.

Prazo para o envio de candidaturas e forma de apresentação:

O prazo de candidatura estará aberto entre os dias 25 de Outubro a 14 de Novembro de 2016. As candidaturas deverão ser formalizadas obrigatoriamente com carta de motivação (indicando expressamente a situação e nível de frequência do mestrado) acompanhada pelos seguintes documentos:

  1. currículo;
  2. cópia de diplomas e certificados;
  3. outros itens considerados relevantes pelo candidato para o processo de seleção como cartas de recomendação ou exemplo(s) de trabalhos correspondentes com as atividades requeridas.


As candidaturas deverão ser entregues, pessoalmente, durante o período das 9h00-17h00 na Secção de Expediente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, no Pólo Universitário do Alto da Ajuda, Rua Almerindo Lessa, 1300-663 Lisboa, ou remetidas por correio para a mesma morada, ao cuidado do Projeto “Políticas Públicas e Trabalho Infantil”, no Gabinete 82 do Piso -1.

 

Este anúncio encontra-se também publicado no portal eracareers.pt

Edital em português (pdf)  
Edital em inglês (pdf)  

Últimas Entradas