Edital para bolsa de investigação no projeto - Genómica da paisagem comparada em primatas não-humanos da África Ocidental

Encontra-se aberto o concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação (BI), entre os dias 12 a 23 de Fevereiro de 2018, no âmbito do no âmbito do Projeto PTDC/IVC-ANT/3058/2014, designado por “Genómica da paisagem comparada em primatas não-humanos da África Ocidental: uma contribuição da antropologia biológica para seu plano de conservação” financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia.


Área Científica:

Antropologia

Descrição Geral das atividades previstas:

A atividade de investigação proposta para este projeto tem como objetivo recolher e analisar dados ecológicos e de habitat de várias espécies de primatas da África Ocidental. A bolsa compreenderá dois períodos de trabalho de campo na Serra Leoa e Guiné Bissau, alternados com um período em Portugal para processamento e análise dos mesmos dados.

Requisitos de Admissão:

Mestrado em Antropologia, com especialização em Antropologia Biológica ou áreas afins, ou Mestrado em Biologia da Conservação, Ecologia ou áreas afins. Fluência devidamente comprovada em Inglês escrito e falado. Experiência mínima comprovada de 6 meses em recolha e análise de dados ecológicos e de habitat em ambiente de floresta tropical. É requisito obrigatório saber manusear GPS e trabalhar com Sistemas de Informação Geográfica (GIS).

Plano de Trabalhos:

Nas duas semanas após o início do contrato o bolseiro irá iniciar quatro meses de trabalho de campo no Gola Rainforest National Park (GRNP) na Serra Leoa. O bolseiro estará acompanhado durante todo o período de campo por um estudante de doutoramento do mesmo projeto. Pretende-se que o bolseiro faça uma avaliação da qualidade do habitat e disponibilidade de alimento para macacos cólobos e chimpanzés em áreas chave para as suas populações na referida área protegida. Após o primeiro período de campo o bolseiro irá durante 2 meses proceder ao tratamento e análise de dados recolhidos: construir uma base de dados resultante da sua amostragem no campo e iniciará as análises estatísticas desses mesmos dados, utilizando softwares como ArcGIS, MAXENT, DISTANCE entre outros adequados para a estimativa de abundâncias e distribuição de espécies vegetais e modelação de habitats. Esta componente do plano de trabalhos será desenvolvida com o grupo de investigação "Sociedade, Comunicação e Cultura" do Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) da Universidade de Lisboa. Está prevista uma segunda campanha de amostragem, aplicando as mesmas metodologias, que poderá servir para completar a amostragem no GRNP ou aplicar a mesma abordagem no Parque Nacional das Florestas de Cantanhez, República da Guiné-Bissau. A duração da segunda campanha de amostragem será decidida de acordo com os resultados da primeira missão.

Legislação e regulamento:

Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento para Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP – 2015, https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015.pdf .

Local de Trabalho:

As atividades serão desenvolvidas no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), sob a orientação científica da Professora Doutora Catarina Casanova.

Duração da Bolsa:

A bolsa terá a duração de onze meses, com início previsto a 1 de Abril de 2018, eventualmente renovável até ao período máximo previsto no artigo 9º do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. - 2015.

Valor mensal do subsídio:

O montante da bolsa corresponde a €980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). Ao valor do subsídio mensal acresce o pagamento dos encargos resultantes das contribuições que incidam sobre o primeiro dos escalões referidos no artigo 36º do Decreto-Lei nº 40/89, de 1 de Fevereiro do Seguro Social Voluntário, cuja adesão é da responsabilidade do bolseiro.

Método de seleção:

Os métodos de seleção a utilizar incidirão na Avaliação Curricular (70%) e Carta de Motivação (30%).

I. A Avaliação Curricular será ponderada da seguinte forma:

  1. Domínio comprovado da Língua Inglesa; (10%)
  2. Experiência em recolha e análise de dados ecológicos (15%);
  3. Manuseamento de GPS e domínio de ArcGIS (15%);
  4. Experiência com investigação de primatas não-humanos em meio natural (15%);
  5. Interesse em seguir para doutoramento no âmbito do projeto em questão (15%).

II. A Carta de Motivação será ponderada da seguinte forma:

  1. motivos que levam a candidatar-se a esta bolsa (10%);
  2. planos que o candidato tem para o seu crescimento científico e como este se relaciona com o projeto em questão (10%);
  3. como o candidato pode ser uma mais valia para o projeto em questão (10%).

Em caso de empate na avaliação, será realizada uma entrevista com os candidatos nesta condição.

Nenhum candidato/a pode ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a ou privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.

Júri:

Professora Doutora Catarina Casanova (Presidente);
Professora Doutora Tânia Minhós (vogal);
Professora Doutora Maria Joana da Silva (vogal).

Processo de Notificação dos Resultados:

Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente, afixada em local visível e público do ISCSP, sendo o/a candidato/a aprovado/a notificado/a através de email.

Prazo para o envio de candidaturas:

O concurso encontra-se aberto no período de 12 a 23 de Fevereiro de 2018

Formalização das candidaturas:

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura com identificação do procedimento a que respeita, acompanhada dos seguintes documentos: a) Curriculum Vitae; b) Certificado de habilitações c) Carta de Motivação d) Duas Cartas de Recomendação e e) outros documentos comprovativos considerados relevantes.

As candidaturas deverão ser entregues, pessoalmente, durante o período das 9h30-12h00 e das 14h30-17h00 no Serviço de Expediente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, no Pólo Universitário do Alto da Ajuda, Rua Almerindo Lessa, 1300-663 Lisboa, ou remetidas por correio eletrónico num único documento em pdf “NomeCandidato_WAP_FIELDTEC.pdf”. As duas cartas de recomendação deverão ser enviadas directamente pelo/a(s) orientador(es) em pdf “NomeCandidata_WAP_COMPTEC_NomeOrientador_Ref.pdf”. A documentação deverá ser enviada para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

 

Consultar Edital no Eracareers

 

Últimas Entradas