Chamada para dossier temático da revista de antropologia da UFSCAR

Até 31 de janeiro estará aberta a chamada para o dossier temático Performance, processos de diferenciação e constituição de sujeitos da revista de antropologia da UFSCAR.

Este dossier tem por objetivo reunir pesquisas que discutam processos de diferenciação e constituição de sujeitos em sua dimensão performativa. Frequentemente tomadas como constativas, categorias de classificação tais como raça, classe ou gênero mantêm uma relação de instabilidade e ambivalência com o que elas pretendem designar. O mesmo ocorre com qualquer categoria classificatória como, para citar alguns exemplos dentre tantos possíveis, a distinção entre arte e artesanato; entre denominações de fases da vida tidas como distintas; entre efera pública e foro íntimo, quando da discussão sobre religião; ou ainda entre a produção de políticas públicas e sua análise académica.

Reflexões contemporâneas sobre performatividade apontam para as possibilidades de transformação que resultam da enunciação, a qual reinscreve os termos iterados em novos contextos. A relação entre lignuagem e mundo não é aquela da representação mas, sim, de incongruência produtiva entre os termos e as coisas que eles designam; entre a fala e o corpo que a sustenta.

Assim, incentivamos o envio de contribuições qu explorem casos particulares de práticas que desafiam a fronteira entre fala e conduta e que, ao faze-lo, diferenciam sujeitos, constituindo-os - práticas tais como nomeação, classificação, descirção, apresentação, inscrição, silenciamento ou acusação. Nesse sentido, interessam trabalhos que reflitam sobre a relação entre posicionalidade social e performance, especialmente no que diz respeito à possibilidade de deslocamento que a segunda coloca em relação à primeira.

Prazo limite: 31 de janeiro de 2019. Mais informações www.rau.ufscar.br. Contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

 

Últimas Entradas