Turistificação, processos e dinâmicas – O caso de Lisboa, Portugal

Data de Início e de Término
Maio de 2017 a Dezembro de 2021

Investigadora Responsável
Prof. Doutora Filipa Fernandes

 

Equipa de investigação

Nome do Investigador Filiação Institucional
 Filipa Fernandes
CAPP-ISCSP

 

Parceiros e consultores

Nome do Investigador Filiação Institucional
 Agustín Santana Talavera Instituto Universitario de Ciencias Políticas y Sociales - Universidad de La Laguna
 Filipa Brandão Unidade de Investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas - Universidade de Aveiro e Escola Superior de Hotelaria e Turismo - Instituto Politécnico do Porto

 

Resumo do Projeto

“Lisboa está na moda”. Os media, os operadores turísticos, passando pelos hoteleiros até aos actores responsáveis pelo sector, são unânimes em atestar a popularidade da cidade demonstrada pelo aumento do número de turistas na Área Metropolitana de Lisboa. A crescente popularidade da capital portuguesa valeu-lhe um conjunto de prémios atribuídos pelos World Travel Awards. A proliferação de short-breaks e o aumento do número de voos low costs no Aeroporto de Lisboa têm sido apontados como factores potenciadores do aumento do turismo na capital portuguesa. O Observatório do Turismo de Lisboa refere que o turismo em 2017 está em alta, ultrapassando valores registados em 2016.


Este projecto pretende analisar os processos de transformação de lugares em territórios turísticos, nomeadamente, a cidade de Lisboa. Com a crescente abundância de territórios turísticos, é necessário analisar quais os processos, dinâmicas e actores envolvidos nos processos de turistificação, já que o turismo ao dialogar com os territórios gera transformações de índole variada (sociais, culturais, económicas, políticas e ambientais) e introduz novos objectos (infra-estruturas, alojamentos, espaços de ócio/lazer, restauração, etc.)

 

Objetivos

  1. Identificar os intervenientes e analisar os processos e dinâmicas da turistificação
  2. Analisar criticamente as práticas turísticas na cidade de Lisboa
  3. Perceber as formas de interacção entre hosts e guests e as novas hospitalidades
  4. Identificar e examinar as formas de hospitalidade e as economias partilhadas
  5. Averiguar quais os discursos globais produzidos localmente;


 


Últimas Entradas